23 de fevereiro de 2014

Invisíveis e infinitos


Lançado no final de 2012, o filme "As vantagens de ser invisível" logo invadiu as filas da pipoca de muita gente, inclusive a minha. Tudo começa quando Charlie ingressa no ensino médio e demonstra-se bastante nervoso para o primeiro dia de aula. Ele é um garoto incomum e sofre de uma doença mental que o faz ter bastante dificuldade de se relacionar com as pessoas. Além de tudo, o jovem ainda tenta se recuperar de duas grandes perdas em sua vida: o recente suicídio do melhor amigo e o acidente da sua tia Helen.

Os primeiros dias de aula são iguais ou piores que seus pesadelos: Charlie permanece sendo ignorado e sofre chacotas por ser inteligente. Talvez essa parte possa parecer bastante comum de filmes escolares, onde os nerds são manés e os malandros são "os caras". Mas engana-se quem vai por aí. Ao conhecer Sam e Patrick, um casal insano de meio-irmãos, Charlie passa a interagir e criar laços de amizade que o fazem sentir-se parte de um grupo. A trilha sonora que acompanha esses momentos é rica e deliciosa. The Smiths! Sing me to sleep... Sing me to sleeep! I'm tired!


Após alguns encontros, Charlie descobre que Patrick é gay e namora ocultamente o jogador de futebol Brad Hays, ex-colega do seu irmão mais velho.  Depois de prometer segredo, ele acompanha os irmãos numa aventura arriscada, mas emocionante e que constitui uma das cenas mais empolgantes do filme. Ao som de Heroes (David Bowie), atravessam de carro um enorme túnel iluminado e Charlie jura que nesse momento ele pode sentir o infinito.

"We can be heroes, just for one day"

9 comentários:

  1. Amo as Vantagens, o livro, o filme, a trilha sonora, os atores, tudoo... amor demais <3

    Ta rolando sorteio de um box de livros lá no meu blog...
    http://booksandflowers.blogspot.com.br/2014/02/sorteio.html

    ResponderExcluir
  2. Tenho o livro e vi o filme no cinema e comprei o DVD também :)
    Estou em falta com você,honey, desculpe.
    Mas não te esqueço,acredite, você é especial,e importante pra mim.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz uma falta o carinho em forma de carta <3
      Tu é um doce!

      Excluir
  3. Oi Hilza.
    Sim, eles são.
    Como tenho que te mandar uma carta, te envio um biscoito junto.Espero que sua sorte seja grandiosa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca vi um biscoito da sorte! Vou adorar de qualquer forma!

      Excluir
  4. Hilza, visitando seu blog lembrei de uma crônica que eu li. Bem interessante. relacionava o livro Alice no País das Maravilhas e a vida. O nome é "Para Maria da Graça" de Paulo Mendes Campos. Não sei se você já leu, mas eu achei aqui http://www.recantodasletras.com.br/mensagens/1841551. Adoro seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, obrigada por comentar, Natanne! É bom ver você aqui.
      Nossa, como eu ainda não vi isso? Muito, muito obrigada por compartilhar. Lerei sim e acho que vou até compartilhar e comentar aqui. Esses dias dei um tempo no assunto Alice rs. Mas já está na hora de voltar.
      Um beijo!

      Excluir
  5. Eu queria ler o livro, mas acabei vendo o filme antes. Vi o filme meio desligada, estava na casa da minha amiga e não prestamos muita atenção. Vou procurar para ver de novo, porque pelo pouco que vi, percebi que é uma ótima estória.

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ha eu li o livro que gostei mais ou menos.. aí não fui ver o filme :)

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...